24/05/2009

Falando da favela

Eu era pequena e ia para uma das poucas escolas particulares do bairro...
Quando eu passava diziam:
Vai favela da galinha!
Ô menina da galinha!
Olha a feia favelada!

Eu era feia gente! Favela também! Minha mãe sacaneava meu cabelo!!! Nem fala!

Hoje eu morro de rir lembrando dessas maldades da criançada da escola...A gente vai crescendo e percebendo que não se morre por qualquer coisa... se bem que naquela época eu queria me enfiar em um buraco e queria não ser uma das poucas meninas faveladas a estudar em colégio particular...

A favela naquela época parecia coisa de filme... bandido respeitava os pais de família, recolhiam as crianças das ruas à noite e baixavam os olhos quando a mãe de família passava com seus filhos indo para escola. Eu brincava na rua, pique bandeirinha, queimado e brincava também de dar pedradas nas cabeças dos amigos... A defesa é algo que você aprende logo, quando se é favelado.

Nunca fui complexada por ter morado boa parte da minha vida na favela, e nem me tornei uma marginal por isso... o fato é que isso nunca me foi motivo de orgulho e muito menos de revolta ... sempre foi normal... era essa minha condição social! Sem aquela coisa de coitadinha ou de orgulhosa... simplesmente natural...

Foto tirada no natal desse ano com as crianças da comunidade onde morei dos 05 aos 11 anos de idade


O fato é que eu tive uma infância considerada normal para quem é pobre... óbvio que via alguns caras armados... mas isso nunca me fez uma criança diferente de qualquer outra...

Existem pessoas de bem nas favelas sim, existem muitos trabalhadores sem qualquer envolvimento com o tráfico de drogas, pessoas que tentam levar uma vida normal como qualquer outra!

Outro dia ouvi uma amiga dizer ( professora, graduada em letras)
- Nêgo mora na favela porque quer... quando o governo oferece casinhas para os favelados eles não querem...
Respondi:
- Porra cara, tu já viu as casas que o governo oferece?
Ela -Para quem mora em um barraco está bom!
_ Eu: Quem mora em barraco aceita muitas vezes, o cara que não aceita é aquele que lutou a vida inteira para colocar uma janela de alumínio e piso na casa e depois querem trocar a casa dele por uma muito menor, parede chapiscada e chão cru.
_ Nêgo quer mordomia pô!
_ Mordomia não! O fato é que só conhece o sofrimento quem já sofreu!
_ Pô tu gosta de defender favelado mesmo!

Na boa isso é dicussão para horas... mas o fato é que não se deve estigmatizar as pessoas...
Eu sou hoje uma mulher graduada, sem nenhum antecedente criminal, passei a conhecer baseado com a galerinha universitária em viagens para aldeias hippies, conheço uma boa parte do Brasil... o fato de ter sido até os 24 anos moradora de favela não me fez pior do que ninguém!

A vida é feita para quem sabe viver e isso em qualquer lugar!
E como dizia Gonzaguinha: E vamos a luta!

3 comentários:

  1. Oii amigaaaa, enfim, depois de um tempo sem telefone e computador, finalmente voltei ao "mundo é dos net´s" hahahahaha aproveitei, para atualizar minhas leituras.

    Quanto ao post, vejo os dois lados, o que vc e sua amiga citaram, e acho que ocorre as duas situações.

    Nunca morei em favela, não sou graduada, ao contrário, venho de classe média, colégio particular, vidinha de Barrashopping, mas...... conheço muita gente, inclusive familiares que moram em comunidades, e apesar de ser fato o que vc disse, tem sim, e muita gente, que nao sai por exemplo, da Rocinha, do Tabajara, p/ ir morar em Bangu ou Santíssimo, pq nao quer ficar longe da praia, da condução fácil, do metrô, e até mesmo do local de trabalho. Nem 8, nem 80 amiga, "suave". Acho meio foda julgar um lado ou outro, por 1/2 dúzia. Realmente, é debate p/ hoooooooras rss.

    bjsss
    Déia.

    ResponderExcluir
  2. "Favela...
    Orgulho e lazer, estamos à vontade
    Nós somos...
    Favela...
    Orgulho e lazer, estamos à vontade
    Somos mais você...

    Eu peço a eles, me dê uma trégua
    Pra vivermos felizes em nossas favelas
    Porque aqui no morro também tem jogador
    Artistas famosos, empresário e doutor
    Gente inteligente e mulheres belas
    Você também encontra aqui na favela"
    Mc Marcinho.

    Dorei a foto,
    Belos Sorrisos
    E os cabelos?!
    Coisa mais lindaaaaa
    Eu babo com cabelos cacheados!!!!

    :)

    ResponderExcluir
  3. Poorraa! Gostei da tua mentalidade, moça!
    Só se conhece algo à fundo, quem o vivencia.

    Beijos!

    ResponderExcluir

 
© 2011 | Template por Silvia