12/10/2009

Eu e o funk

Todas as vezes que resolvo dançar funk em alguma festa ou boate, rezo para que não olhem para mim!
Simplesmente eu me sinto como a Lília Cabral no filme Divã... Horrendoooooooooooo!
Lembro das festas que minha mãe aparecia na época em que eu era adolescente e cismava de dançar comigo!
Eu morria de vergonha da minha mãe dançando, desengonçada, desconjuntada, todo mundo indo e ela voltando ... e ainda me perguntando: tá legal? Tô dançando legal? E eu pensando: Mãe sai daqui pelo amorrrrrrr de Dios!
Ainda bem que não tenho filhos para passar pelos tormentos que eu passava quando minha mãe resolvia ser a garotinha da festa! rs
Eu estava em um sambão, esperando o show do fundo de quintal e no intervalo começou: bota com força, bota com raiva, bota com força, bota com raiva!
Me diga o que fazer? Colocar essa minha bunda enorme pra cima?Isso eu me nego!
Fazer gestos como um cachorrinho no cio? Juro que até tentei, mas estava desastrosa demais!
Então eu fico rebolando,ahahaha, isso eu sei fazer...mas me soava falso em meio aquele mundo de bundas femininas pro alto...
E continuava: Se o mágico faz mágica, a feiticeira faz feitiço...
E eu me perguntava: Uh o quê que é isso?

E nessa eu fui tentando me virar... com o bundão que Deus me deu...
Até que desisti e disse: gente eu vou ao banheiro... porque tô parecendo a mamãe!


3 comentários:

  1. Amigaaaaaaaaaaaaa! faço das suas as minhas palavras! Dá vontade de tomar chá de sumiço durante o tempo das músicas! rss
    Agora o que é essa vovó dançando? hauahauabhuahaua
    To rindo horrores aqui!
    Excelente texto! Bjs

    ResponderExcluir
  2. ai menina, adoro funk ainda mais qdo vejo um bocado de poposão pra cima..hauahuahauahauahauahu

    ResponderExcluir
  3. Adorei a historinha.
    Pareceu bem real.
    Qdo eu ia na boate e chegava na hora fo funk eu ficava boba de v akelas meninas mexerem, ate parecia q tinha passado a semana inteira ensaiando, e eu pobrezinha soh no remelexo.
    rsrsrs

    ResponderExcluir

 
© 2011 | Template por Silvia