10/01/2010

Fim de semana no parque

Como vocês já sabem aos fins de semana eu me visto de palhaça para arrumar uma grana e divertir as crianças, mas nesse fim de semana em especial eu só fui monitora de brinquedos infantis.
Minha irmã alugou uma cama elástica e eu fui fazer essa festa.Para quem não sabe a minha irmã é conhecida como a rainha das comunidades porque ela faz festa em qualquer parte do Rio de Janeiro, ontem eu fiz uma festa no complexo do Alemão, hoje lá vou eu para a Barata Ribeiro em Copacabana.
Mas a festa de ontem me fez lembrar da minha infância, porque voltei a comunidade onde morei muito tempo e me senti muito estranha.("Milhares de casas amontoadas
Ruas de terra esse é o morro, a minha área me espera")
Quando subi a ladeira com a Saveiro da minha irmã, as pessoas nas portas de suas casas ficaram olhando para onde iria aquele carro, detalhe eu estava sozinha. Vi uma "rapaziada" relaxando, aproveitei me identifiquei e perguntei onde era a casa de fulana. Chegando lá percebi que seria necessário fechar a rua para montar o brinquedo.
Os "donos da rua" autorizaram, me ajudaram a estacionar, me ajudaram a montar o brinquedo e avisaram de casa em casa que a rua seria fechada.
"Chegou fim de semana todos querem diversão
Só alegria nós estamos no verão"
A festa começou, a mãe da aniversariante me disse que ficasse tranquila, pq nenhum vizinho iria importunar, uma vez que os donos da rua haviam autorizado fechar a rua.
A criançada se juntou, muitos meninos e meninas vieram brincar, aquela felicidade toda, no meio da rua havia um chuveiro, ali mesmo as crianças tomavam banho, e as motos passando para cima e pra baixo.... ("Gritando palavrão é o jeito deles,Eles não tem video-game às vezes nem televisão Mas todos eles tem Doum, São Cosme São Damião ,A única proteção.")
Cada moto mais linda do que a outra e cada uma delas me fez lembrar do carro do meu amigo que foi roubado e que nunca mais vimos... As crianças brincando ao som de músicas infantis e a simples fragância de erva queimada.("O investimento no lazer é muito escasso,O centro comunitário é um fracasso,mas aí se quiser se destruir está no lugar certo,tem bebida e cocaína sempre por perto,a cada esquina ,100, 200 metros, nem sempre é bom ser esperto!")
Fiquei pensando naquilo...no espelho que essas crianças tem, qual o poder que elas observam, como tudo fica mais fácil com a autorização da rapaziada.(Mulecada sem futuro eu já consigo ver!Eles também gostariam de ter bicicleta, de ver seu pai fazendo cooper tipo atleta")
Uma criança disse para mim, o fulano ia alugar uma cama elástica e colocar uma piscina pra gente brincar, mas mataram ele. Você conhecia ele tia? Ele gostava muito das crianças! FODA!
Na parede de um muro estava escrito: saudades do irmão beira-mar!
E as crianças sorrindo em meio a algumas pistolas que passavam por ali. No final da festa, cada um dos meninos fez questão de carregar um ferro da cama e dizer: tia, volta outro dia... a gente quase não tem brinquedo aqui! ( "Mas eles só querem paz e mesmo assim é um sonho!")Fiquei meio entalada, agradeci a rapaziada por ter cedido a rua e segui de volta para a minha vidinha tranquila.
"Tô cansado dessa porra
de toda essa bobagem
Alcolismo,vingança treta malandragem
Mãe angustiada filho problemático
Famílias destruídas
fins de semana trágicos
O sistema quer isso
a molecada tem que aprender
Fim de semana no Parque Ipê "



5 comentários:

  1. Tô com os olhos marejados... Foda...

    ResponderExcluir
  2. Queria ouvir mais gritos assim.
    É o que espera os filhos desse Brasil.
    Voltarei, e se quiser, já espero uma visita.
    Inté

    ResponderExcluir
  3. PQP amiga.... ler esse texto agora me deu uma vontade louca de chorar! putz... aonde vamos parar???
    Ótimo texto. E eu sei o quanto é realista... é... a Selva tá foda. Sinto inveja dos animais que ainda conseguem viver na mata!

    ResponderExcluir
  4. "donos da rua"... quando o Estado vai tomar vergonha?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. vc está de parabéns, mostrando a realidade que infelismente ainda existe, se essa musica do Racionais digamos de passagem "antiga", trouxe uma realidade que ainda continua...
    e nós estamos de mãos atadas, apenas tentamos ser certo em determinados momentos.

    gostei vc está de parabéns!!!!

    gostaria que vc fizesse histórias com contrastes nas letras do FACÇÃO CENTRAL, pode até ser que seje pesado demais, mas infelismente a realidade está muito mais além

    valeu...bjo

    ResponderExcluir

 
© 2011 | Template por Silvia