12/03/2010

Um dia de corno todo mundo tem!

Saí do trabalho e resolvi voltar de ônibus para casa, iria demorar um pouco mais, porém eu iria sentada, com ar-condicionado ligado, lendo meu livrinho e além de tudo o salto meu sapato estava estilhaçado depois de ter passado o meu almoço inteiro pelo Centro do Rio indo a bancos!
Cheguei ao ponto e fui procurar à famosa pipoquinha, pq se você quiser saber onde tem a maior concentração de gordinhos do Rio de Janeiro, você pode ter certeza que não é na reunião do vigilantes do peso, que eu também já freqüentei e está cada dia mais cheia de pessoas magras, com certeza a pipoqueira da Praça Tiradentes bate o Recorde com a sua pipoca cheia de BACON ou de LEITE CONDENSADO.

Peguei a minha pipocona (preciso manter o meu corpinho) e fui para a fila pensando que ia compensar todos aqueles pedaços enormes de bacon na academia. A fila estava grande, mas ainda assim eu conseguiria ir sentada. Depois que quase 40 minutos na fila, putaquepariu, cacete, merda, pq eu não fui de metrô, caralho, comecei a prestar atenção na conversa da pipoqueira com um amigo:

Pipoqueira: Eu não agüento mais o meu marido, você acredita que ele teve coragem de me vender esse celular por R$30,00?

Ele: Ah porque você não disse que pagaria depois? Devia ter colocado um roupão e ter dado uns beijos nele como pagamento!

Ela: Com aquele traste não adianta não

Ele: Mas você é casada com ele há mais de quinze anos!

Ela: Mas não tem jeito não, inclusive eu fiquei sabendo que a amante dele é gorda... (e eu pensando, a amante dele deve ser cliente dela, deve comer essa pipoquinha tooooodo dia!)

Ele: Ah ela é uma gordinha boa de abraçar, de apertar, não é goooooooorda não e nem feia e ela disse para mim que não sabia que ele era casado, mas na verdade nenhum home diz que é casado né?

Ela: Mas ele tem o nome dos filhos tatuados no braço

Ele: Isso não quer dizer nada, tem tatuagem mas não tem aliança e se tivesse, tirava também!
Ela. Eu sou doida para encontrar essa gorda (e eu pensando: será que ela não tem espelho em casa? Ta começando a ofender a clientela!), se eu encontrar com ela eu quebro ela na porrada, quem mandou ela se meter logo com meu marido!

Ele: Ué, mas você disse que não gosta dele, eu disse a ela que você não queria mais ele não!

Ela: Pois então você é um safado, filho da puta também, vai se f#@&*@##

Conclusão: Fiquei uma hora e meia na fila, cheguei em casa mais gorda, porque não fui à academia depois de um engarrafamento monstruoso e subi nove andares de escada porque tinha acabado a luz, dormi no calor, com um merda de uma vela acesa. PUTZ

Eu te pergunto: Quem nunca foi corno um dia?

4 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk rindo muito, sem condições de fazer um comentário mais efetivo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Porra amiga! Nada é tão ruim que não possa piorar. Ao menos a cerveja da Tia estava gelada. rss

    ResponderExcluir
  3. Mas esse calvário todo valeu só por ter ouvido essa conversa da pipoqueira. hahaha!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Ohh saudade da minha academiazinha...
    snif
    rsrs

    Bjaum Senhorita pipocas com bacon!!
    rs

    ResponderExcluir

 
© 2011 | Template por Silvia