01/06/2010

Tem gente que prefere os tristes

Eu evito de postar minhas fases tristes aqui, primeiro porque eu acho que desagrada, as pessoas não comentam, segundo porque eu tenho dificuldade de falar sobre tristeza, acho na verdade que ela não deve ser alimentada, não deve gerar piedade.
Mas hoje ouvi do meu ex-marido que ele preferia meus posts tristes, porque eram mais profundos. Meu ex faz o estilo dramalhão ( ele vai ficar puto), mas veja bem se você quer ver drama e comédia juntos. Junte-se a ele! Ele vive nesse trampolim, vai te fazer morrer de rir, mas pode também te fazer chorar e ficar pensando na existência. Mas voltemos ao post.
Eu ando meio triste, assumo!
Outro dia fui tomar um chopp com duas amigas e uma amiga que me vê pouco disse isso: estou te achando triste. Eu disse: Não, é impressão.

Mas os amigos nos conhecem pelo brilho do olhar.

De qualquer forma não disse nada, não gosto de falar de tristeza quando bebo, porque o que tem de mais íntimo em tudo, o que tem que ser dito, perde a seriedade. Se é pra beber, vamos falar sacanagem!


Sei que é uma fase, ninguém é feliz o tempo todo e um pouco de tristeza não quer dizer que eu procurarei um psiquiatra para tomar qualquer anti-depressivo. Eu simplesmente ando triste, sentindo um vazião. Isso está diretamente ligado ao fato de eu estar morando sozinha de novo. Eu odeio morar sozinha, mas decidi por um bom tempo não dividir mais o AP com ninguém. Os meus problemas são os meus problemas, a minha solidão é minha, a garrafa vazia de àgua que ficou sobre a pia desde sexta-feira é responsabilidade só minha, o pesadelo dessa noite que me trouxe um insônia FDP, me fez dormir de luz acesa, eu posso contar para a parede como me disseram que faz bem, para cortar o mal.


A verdade é que tudo isso está me enchendo o saco, está me corroendo, estou saindo cada dia mais tarde do trabalho, pegando o ônibus porque assim demora mais a chegar em casa. Isso tem aumentado o nº de cigarros consideravelmente, tem aumentado os sacos de pipoca no ônibus. Eu estou fugindo de mim mesma e da minha solidão.

Sei que um blog não é o melhor lugar para falar disso, mas a maioria dos que lêem meu blog não são próximos. Poucos amigos meus acreditam que eu escrevo algo que merece ser lido! rs

A questão é que a superficialidade cansa também. Se você está triste, você está triste. Eu não acredito em ninguém que se diga feliz o tempo todo, em ninguém que use o seu perfil do orkut 365 dias do ano para dizer que está alegre e contente, eu não acredito em propaganda de margarina. A felicidade é tão volúvel quanto a tristeza.

A tristeza faz parte da vida e deve ser encarado como algo a ser vivido. Eu não sou uma pessoa dramática, sou bem humorada na maioria das vezes, sou super otimista, mas fico triste, porque isso é o normal no ser humano, pelo menos naqueles que não tentam viver como os atores de novela e não tentam fazer da sua vida um filme de Hollywood.

" Às vezes sigo a caminhar pela cidade, à procura de amizade, vou seguindo a multidão.
às vezes me distraio olhando em cada rosto, cada um tem seus mistérios, seu sofrer, sua ilusão...."

(Composição: Gilson & Joran)

8 comentários:

  1. Ih amiga, não tem essa de que blog não é local p isso ou aquilo, blog entre outras coisas é um diário. Só acho meio foda vc não dizer a verdade à sua amiga, ou ligar (visitar) esta que vos escreve para desabafar, afinal, somos amigas, enfim.... Por outro lado, sei também que às vezes queremos "curtir" a tristeza sem falar diretamente com alguém. Sei muito bem que vc ñ é uma rocha, como pode parecer algumas vezes, mas te conheço suficiente para saber que vai superar isto em 2 tempos. Em todo caso, estou aqui né.bjs

    ResponderExcluir
  2. Vamos lá, primeiro não gosto de ver você triste, mas também não estou te proibindo de ser triste, lógico! Como você mesmo disse, no seu texto, eu tb tenho minhas fases triste, e que pra falar a verdades, esta é a fase que eu mais produzo coisas sobre mim, mas me entendo, etc,... Bem, não vou me falar mto, vc sabe como sou existencialista, rsrsrs
    O que disse pra vc, sobre seu blog, é que gosto mto mais dos seus textos triste e dramáticos, talvez até por identificação, mas os acho mais profundos, mais bonitos, me fazem pensar mais,... Acho q vc realmente se entrega nesta horas, se faz uma escritora brilhante... Sério, acho vc uma escritora brilhante.

    Mas lembre-se de Santo Inácio de Loyola, que eu te ensinei a amar (rs) "nunca se toma uma decisão na desolação", então, curta esse momento, aproveite pra escrever bastante, vou adorar. Mas, espero um tempo melhor para as decisões, ok?

    Ah, se ficar mto trsite, mto mesmo, liga para Sra. Antenada e esquece meu nro, chega de escutar suas lamúrias, né? Meu tempo já passou! Graças a Deus!!! E agora de papel assinado! hahahahahaha

    ResponderExcluir
  3. Ex- marido, quando coloquei o título tem gente que prefere os tristes, eu quis dizer justamente os Posts tristes.

    Olha só, se eu quiser te ligar, eu vou te ligar na sexta à noite tá? kkkkkkkkkkkkkk( Até parece!). Vc já fez um discurso aqui de que vai me aturar a vida inteira, rsrsrs

    Na verdade vou ligar para a Antenada pq assim falaremos sobre um monte de sacagens e sobre as novidades dos Sexy shoppings, rs.

    Beijos em vcs dois, no ex e na antenada!

    ResponderExcluir
  4. Hahahahahahahaha, eu me divirto com vcs dois. " Ex-marido disse" kkkkkkk hilário. Precisamos marcar um chopp p rir pessoalmente, saudade de vcs. bjss

    ResponderExcluir
  5. E olhe que você não viu o resto do post. Valeu pelos cometários Bjssssss

    ResponderExcluir
  6. Hummmmmmmmmmmmm meio estranho esses comentários todos. rsrrsr Mas adorei ! Quanto aos textos no mundo bloguisticos são exposições mesmo, as vezes a gente se senti meio nua diante das verdades compartilhadas e dá uma sentimento de que todos sabem muito de nós, principalmente quanto tem amigo no meio do blog, é um termostato de sentimentos , a grande questão é que o tempo do sentimento não dura o tempo dos leitores e ai a gente corre o risco de ser nomeada uma neurótica, bipolar e etc etc etc ...rsrs Mas o importante mesmo é escrever o que quiser e se preparar para os comentários de todos os lados, porque uma frase é fato, quem tá na chuva é pra se molhar.Bjsssssss

    ResponderExcluir
  7. rapaz eu nem penso nisso sabia, até pq meu blog é minha unica forma de desabafo.. depois sempre ganho palavras boas de consideração cm a sua no meu post passado.. é assim, temos que expor tanto os momentos felizes qto os tristes até pq ñ estamos bem o tempo inteiro, e as pessoas entendem isso pq são assim tb, é normal se sentir triste de vez em qdo

    ResponderExcluir
  8. Já eu me sinto mais a vontade escrevendo quando me sinto triste, acho a felicdade tão normal que quando estou nesse estado de espírito não consigo informar me expressar direito e me torno rapetitiva rs, engraçado. Já fiz esse tipo de coisa pra demorar a chegar em casa se soubesse que ficaria sozinha lá, eu que tanto quis ter um lar onde somente eu existisse nele, quando me vi nessa realidade tremi na base e a luz ficou acessa por muito tempo. Hoje me acostumei, minhas companhias continuam distantes...

    beijos minha lindaaaaaaaaaaa!!
    Fica bem logo!!!

    ResponderExcluir

 
© 2011 | Template por Silvia