06/09/2010

Camisinha na escola?

Retomou-se a polêmica sobre a distribuição da camisinha nas escolas públicas, após 04 anos de elaboração do Projeto.

"De acordo com os idealizadores do projeto, o objetivo é ampliar o acesso gratuito do jovem aos preservativos como forma de prevenir gravidez não planejada e doenças sexualmente transmissíveis (DST). Outro ponto importante é que as máquinas só serão instaladas em escolas que tenham programas de prevenção e de saúde sexual e reprodutiva."
fonte: http://www.jornalcorreiodacidade.com.br/

O projeto prevê que toda escola que tenha a máquina de camisinhas, deverá ter um projeto de orientação sexual.

E você o que acha disso?

Eu como irmã de umas adolescente que foi mãe precocemente apoio a iniciativa, principalmente em escolas de nível médio, e acho que nós temos que enxergar o mundo em que vivemos. E nesse mundo a sexualidade inicia-se cada dia mais cedo. Temos milhões de pré adolescentes grávidas, e adolescentes bem criadas, vinda de famílias estruturadas, de pais que conversam com os filhos e ainda sim a coisa acontece de maneira não pensada e não organizada por esses jovens que muitas vezes conversam com os pais sobre tudo, menos sobre sexo.

Alguns argumentos dizem que isso incitaria o início da atividade sexual precocemente, eu digo que INFELIZMENTE, o mundo já faz isso, no seu dia a dia, nos programas de televisão, nas rodinhas dos amigos de escola. E o que temos que fazer, mesmo que não entendendo e não aceitando o fluxo das coisas, é tentarmos orientar os nossos filhos, sobrinhos e netos. Mas se ele desejar se iniciar sexualmente que use camisinha, pelo menos, isso!

Outros dizem que a camisinha nas escolas irá banalizar o ato sexual.Eu acho que isso já é uma constatação e só estamos tentando remediar aquilo que não tem mais jeito. O sexo hoje já é banalizado, isso já é fruto de uma geração e acredito que a escola e os pais tem a obrigação de passar valores aos nossos jovens, mas ao mesmo tempo perceber que eles não vivem em uma bolha.

O assunto é complexo... mas ainda sim... eu sou contra o aborto( que é para onde muitos pais correm quando suas filhas novíssimas engravidam), sou à favor da vida planejada, pensada, sem risco de doenças venéreas.

E você? O que acha? Vote na enquete que coloquei na coluna à direita!

Um abração em todos e ótimo feriado!

11 comentários:

  1. Um pessoa votou na enquete antes de eu aterá-la. Solicito que vote novamente por favor!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. então, questão, para mim, não é se deve ou não deve, e sim como. Como é que esses jovens terão acesso à camisinha? A escola está preparada realmente para isso. A minha pouca experiência com uma escola pública me faz duvidar. Mas sempre serei a favor do planejamento familiar e isso exige responsabilidade. :D

    ResponderExcluir
  4. Sandra, pelo o que eu soube, aqui no Rio, eles começariam pelas escolas técnicas. O que eu acho que seria uma experiência boa, uma vez que são escolas de nível médio e com uma melhor estrutura.

    ResponderExcluir
  5. Cara, sou mãe de 2 meninas e acho muito, mas muito cedo para que este assunto seja esfregado na cara delas. Em escolas ESPECÍFICAS de 2º grau, pública ou particular, sou à favor, mas em escolas mistas ( na faixa etária e série) acho absurdo, já que apesar de toda oferta do assunto em novelinhas da tarde, filmes, etc, a curiosidade de algumas crianças vai passar a ficar realmente aflorada e incentivada até, com rebuliço que esta situação irá causar nos bate papos de intervalo. Acho que toda a sociedade precisa se mobilizar quanto a isso, pais, mães, educadores, não discordo, porém, cabe ao pai e à mãe determinar se a maturidade dos filhos é suficiente para este entendimento. Como eu sempre digo, Escola é para instruir, educação é dever dos pais. E talvez daí venha o problema, os pais estão deixando que a escola, a rua, a moda, a televisão eduquem seus filhos.

    ResponderExcluir
  6. Eu acho boa a campanha, nas escolas de ensino médio é mais do q necessário.

    ResponderExcluir
  7. Tenho uma filha de 14 anos e eu mesma fui mãe aos 17. O assunto é sério e precisa ser tratado como tal. Acho que a proposta é boa, pois só pode ter distribuição de camisinhas a escola que tenha um projeto de EDUCAÇÃO sexual e esse projeto deve visar a desbanalização do assunto e promover o respeito ao próprio corpo e a preservação da auto-imagem do jovem que hoje não só faz sexo cedo demais, como também não se preocupa com sua imagem, divulgando fotos e vídeos na internet e contando suas peripécias sexuais para o mundo todo através da mesma.
    Se não for pra fazer isso, não serve pra nada.

    ResponderExcluir
  8. Concordo com a iniciativa, em escolas de ensino médio, ode as possibilidades de uma adoslescente engravidar, são maiores. Tal projeto esbarra com a oposição de grupos religiosos, que preferem viver na hipocrisia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Tudo depende mto... fico dividida, concordo com a Andréia, mas, ao mesmo tempo, sei que as famílias não estão tão bem estruturadas assim e acabem deixando de lado esta parte da formação, então, acho que a escola pode complementar.... Mas será que os professores estão assim tão bem preparados?

    ResponderExcluir
  10. Ainda n consegui formar uma opnião sobre esse assunto! Os prós e os contras são tantos...que fico bastante dividida ainda!

    ResponderExcluir
  11. Nossa, ainda estão discutindo isso!?!

    Usar camisinha é sinal de cuidado com si mesmo e com o outro, independente da idade!

    bjs querida.

    ResponderExcluir

 
© 2011 | Template por Silvia