27/04/2011

Reconstrução...




Hoje de manhã eu encostei na parede da sala e olhei para a minha cozinha com olhar de realização ao vê-la completinha de novo.

Como muitos aqui sabem, eu sou divorciada e meu ex marido é gente boa pra caramba, nossa separação foi civilizadérrima,meu namorado tem ciuminho dele, porque ninguém acredita em ex relações civilizadas demais! O fato é que ninguém perturbou ninguém, ninguém encheu o saco de ninguém, todo mundo tentou adiantar o lado do outro dentro do possível, porém foi uma separação de um relacionamento de 11 anos.

Separação! Com um nome desse, mesmo que tenha sido da melhor maneira e para o bem dos dois, é sempre difícil a administração das perdas. Não somente o costume em relação ao outro, mas a perda da vida que se tinha, relações de amizade, relações familiares e as suas coisinhas...
Hoje é tranquilíssimo falar sobre isso, sacanear meu ex marido no blog, porque tudo isso passou.No auge da divisão era impossível ver qualquer coisa... mas com o tempo conseguimos perceber quanto alguns supostos males nos fazem renascer, crescer e ser feliz!

Hoje eu posso dizer que passei uns perrengues, mas reconstruí tudo em minha vida, inclusive a minha cozinha.

Quando nos separamos eu fiquei com os móveis de quarto e ele com os móveis da cozinha, eu fiquei então com um fogão e uma geladeira usada por outros. Detalhe a minha cozinha era toda branca e preta, moderninha, com um fogão e uma geladeira bege. A situação financeira apertou, é sempre difícil descer o padrão de vida, mas se tiver um pézinho no chão isso é possível, e eu fui trabalhando, trabalhando, suando a camisa, recebendo ajuda daqui e dali e consegui enfim, essa semana, repor tudo de material que eu havia perdido na divisão. A representatividade disso é na verdade muito maior que o valor material das coisas que ficaram para trás, é o valor moral, é valor da reconstrução, é o valor do seu suor, é o valor da sua capacidade de reconstruir, de renovar, de recomeçar, de ser capaz...

Olhei para a ultima peça que faltava, das que eu tinha quando montei meu apartamento para casar e parei aliviada, respirei, me senti feliz, ri para mim, ri de mim por ter pensado algumas vezes que seria muito mais difícil do que realmente foi e disse:

Eu consegui!!! Fechei o ciclo, reconstruí tudo... dever cumprido!! Ganhei essa parada!!

Agora é festejar e ir além... sempre além!

Digo àquelas que estão presas(os) em relacionamentos por medo das perdas, é difícil, mas é possível reconstruir uma vida, é possível ser feliz de novo, é possível fazer tudo sozinho, é possível reencontrar um novo amor, pode ser pesado por um tempo, mas se você não se penalizar, não se fizer de vítima, não colocar suas energias em coisas impossíveis, você consegue...

Você ainda vai se olhar e dizer:

Epa! Eu sou muito feliz com minha nova vida!!! Quem diria hem! Quem diria?

9 comentários:

  1. Parabéns Lilia, pela separação civilizada, e pela reconstrução de sua vida. Só os inteligentes conseguem isso.
    Bjux

    ResponderExcluir
  2. Lilia, parabéns por esta grande conquista, pelo amadurecimento, pela força, por ter se dado a chance e conseguido.
    Estou orgulhosa de você!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Isso é maravilhoso,Lilia! Fico feliz em te ver forte, guerreira e vencedora.Vai fundo sempre.A vida te espera...beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Lilia,

    muito bom esse seu post a respeito da sua cozinha, achei muito legal e vou enviar este link para uma pessoa muito especial pra mim que está passando por um processo de separação, e tenho certeza que depois que ele ler o seu blog, vai ser como uma força moral pra ele. Abraços minha amiga!!!!

    ResponderExcluir
  5. Reconstruir pode ser mais difícil que construir, mas com certeza é mais gratificante. Parabéns pela batalha vencida e felicidades na vida todinha reconstruida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Sempre é tempo de ser feliz... ainda bem! Bjs, querida.

    ResponderExcluir
  7. que show, lília.
    toda separação é uma perda, mesmo que seja amigável e a melhor coisa a ser feita. entretanto, o intuito é sempre ser feliz e se isso não acontece mais, o ciclo tem que ser fechado.

    parabéns.
    bjsmeus

    ResponderExcluir
  8. E para mim que sou irmã e ex-cunhada.Será tambem sempre uma perda essa separação,no começo senti muito...coisa que nunca revelei para ninguem,fiquei muito incabulada jamais iria imaginar tal casal separados,pois amava muito,muito mesmo ele e ela,e os dois juntos parecia uma magica adorava ficar junto dos dois era simplismente fantastico....
    hoje me sinto em plena realização pela minha irma,e tenho tal liberdade de revelar para ela o meu sentimento .Hoje sim tenho certeza do grande exemplo que minha irmã é para mim...te amo demais!E continuoooo amando muito o Marcelo e amarei muito tambem o meu novo cunhado...

    ResponderExcluir

 
© 2011 | Template por Silvia