07/06/2011

Dona Coragem!


Ela se separou dele, após 25 anos juntos, filhos e tudo que uma vida à dois pode acarretar, saiu e foi morar em uma kitinete, queria paz, não queria a guerra do dia à dia, não aguentava mais a obrigação de fazer tudo como manda o figurino, é isso aí, se mandou, escafededeu-se,!
Os filhos? Foram contra!
A chamaram de egoísta por largar tudo de repente, mas com o tempo que é o remédio para todos os males tudo se ajeitou.

Ele ficou com os filhos, que já eram criados até demais e ela ficou com a sua casinha, foi arrumando o jeito que dava e comprou uma geladeira em 18x.
Ele quando soube à chamou de burra, devido ao abuso dos juros, ela que já estava acostuma a ser chamada assim vez ou outra, não viu novidade no que ele dizia e fez que não ouviu!

E foi levando a sua vida, encontrou amigos, conheceu lugares e pessoas... e ele se chegando, ia lá de vez em quando visitá-la e aos poucos foi ficando fins de semana na kitinet, guardando as coisas na geladeira de 18xs, vendo televisão de 14 polegadas.

O fato é que a decisão dela o fez acordar, o fez sair do comodismo, o fez correr atrás do prejuízo após 25 anos, e agora ela diz que quer viver a vida dela, que cansou de viver a vida dele, que cansou de comer a comida que ele escolhia e comprava, cansou de fazer somente os passeios que ele queria, cansou de não dançar porque ele não sabia, cansou de não escolher seus móveis, seus utensílios.

- A geladeira foi em 18xs, mas foi a que eu quis comprar e você não sabe o prazer que isso me dá... ele se quiser me acompanhe, viva a minha vida e me compense do tempo em que eu vivi a dele! Meu nome é Dona coragem e que se dane o resto!

14 comentários:

  1. Menina, menina!
    Coisa forte e verdadeira. Entendo bem,certas horas, não falo só de casamento mas de tudo, tem horas que queremos é abrir mão de tudo e fugir.
    Admiro muito quem tem essa corágem, eu sou assim,não fico presa ao que deixa infeliz.

    Acabei de chutar o emprego por isso.

    beijos ass: Dona corágem 2.

    ResponderExcluir
  2. Ps: O Lay novo ficou muito bacana, gostei!

    ResponderExcluir
  3. Muitos ficam com medo de se arrependerem, e vão vivendo a vida acomodada e sofrida. É preciso ter muita coragem para virar a mesa.
    Bjux

    ResponderExcluir
  4. Pessoas de coragem e atitude são rarissimas...
    Sair da 'zona de conforto' é de uma coragem gigante. Muito bom o post!
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Admiro demais as Donas Coragens.
    Cansei de ver mulher se esconder atrás de filhos, maridos, namorados.
    Ainda preciso de uma boa dose de coragem...

    Beijosss

    ResponderExcluir
  6. Nossa... excelente post! Conheço muitas mulheres que vivem casadas mas são tremendamente infelizes.

    Bjoka

    ResponderExcluir
  7. O maior de todos os males é o medo de mudar. O comodismo emperra a vida. São poucos os que descobriram que pouco importa o que os outros pensam. Eu estou desconbrindo isso ainda, e, desde já, digo que estou gostando muito.

    'Liberdade é pouco... o que eu desejo ainda não tem nome' Clarice Lispector

    ResponderExcluir
  8. Que legal essa D.Coragem. Como é necessário isso! beijos,chica

    ResponderExcluir
  9. Muito bom e verdadeiro esse texto. Passei pra conhecer seu, gostei muito, já te sigo.Se puder visite meu blog, link abaixo.Beijos

    ventosnaprimavera.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Também fiz essa escolha, mas, não abri mão da filha. Hoje sou ex mulher de empresário, moro numa kitinete, pago minhas contas e sou feliz como nunca fui...Encontrei um novo amor, novos amigos...a vida se renova e eu me renovo com a vida.

    Adorei o post menina!

    beeeeijo

    ResponderExcluir
  11. Amiga, dona coragem faz comprar geladeira mesmo sabendo que talvez nao tenha dinheiro pra ser paga. Ela tira do ócio, da vidinha mais ou menos, da submissão - sim, bem isso.

    Adorei esse texto Lili!

    Já te falei que adorei suas fotinhos no meu CaFoFo?

    ResponderExcluir
  12. Amiga, que texto show! e, que bom que é cada vez maior o número das "Donas Coragens". rss

    Beijos para vocês! ;)

    ResponderExcluir
  13. Que texto emocionante! Parabens
    Domenica

    ResponderExcluir
  14. Adorei o texto, Lilia!
    depois de 16 anos, tomei coragem e decidi deixar um emprego q me trazia estabilidade e nenhuma felicidade.
    Agora sigo, corajosamente, em busca de um recomeço.
    Bjoks e boa semana!

    ResponderExcluir

 
© 2011 | Template por Silvia