04/09/2011

Namorando depois do casamento

Ontem eu estive em uma festa infantil e cheguei a conclusão que os casais desaprendem a namorar.
Eis que a animadora da festa propôs uma brincadeira com os pais, onde quem desse o melhor beijo ganhava um brinde para o filho, e a cena foi simplesmente estranha, somente um casal em 06 conseguiu dar um beijo daqueles de novela, os outros deram um estalinho e uns olhavam para o teto, outros riam, outros brincavam, mas beijar que é bom nada!!!

Eu fiquei estatelada com aquilo, porque já estive nessa situação, casada há um tempo, conversando muito e beijando cada dia menos, não foi só por isso que meu casamento não deu certo, mas eu já ouvi dizer que o beijo é um termômetro e tenho que concordar!

Eu sei que alguns vão dizer que é o natural que as coisas fiquem esfriem um pouco depois de um tempo de relação, eu também sei que a galera mais madura não vai andar se agarrando pelos cantos o tempo todo, mas a ponto de não saber beijar em meio a um brincadeira de disputa entre casais? Sei lá... como já estive do outro lado, eu sei que a gente pode até não beijar com frequência, mas acaba rolando uma saudade da época de namoradinho!! É justamente essa saudade que às vezes leva a alguns casais se separarem e a muitos outros a se interessarem por relações extra conjugais. Porque rola a fantasia, aquela vontadezinha de viver algumas aventuras sexuais novamente e coisa e tal... então eu pergunto? Porque os casais deixam a relação se tornar tão desinteressante? Porque não tentam realizar seus desejos e fantasias com a pessoa que está ao lado? Porque a coisa fica tão sem graça à ponto de nunca mais saber o que é usar uma cadeira de posições do motel?

Eu não tenho fórmula para merda nenhuma, mas aprendi com a vida e hoje tento não deixar a coisa esfriar, pode até ficar morna de vez em quando, mas se colocar um pouco mais de fogo no carvão ele vira brasa!

Então gente, vamos beijar mais, deixar as crianças com as avós de vez em quando e ir a um motel, pode até ser na hora do almoço do trabalho, vamos comprar uns cremes de massagem, bolinhas sensuais e vamos estimular a imaginação, não vamos permitir que nossas fantasias soltas por outras bandas... vamos unir a fome com a vontade de comer e quem sabe assim até surpreendemos nossos parceiros!

Beijo grande!

8 comentários:

  1. Lília,
    Seu textos são maravilhosos...

    Posso te dizer que estou nessa fase, mas sem o marido rsrsrsrs. Nunca fui casada, mas sei bem o sentido de "me remete ao frio que vem lá do Sul" kkkk. Estava agora a pouco dizendo a uma prima o quanto desaprendi a namorar, a fugir para um motel... Depois de ser mãe, e me abandonar na vida...

    Adorei, pensando, pensando.... Só falta parar de pensar e viver, viver....

    Beijosssssssss

    ResponderExcluir
  2. Super motivante teus conselhos, amiga!
    Porque acho que a rotina (nao aquela que você nao sai dela, a que é a vida mesmo), esmaga qualquer relacionamento, por isso a luta tem que ser constante mais contra ela que qualquer outra coisa!

    Beijocas!!!

    ResponderExcluir
  3. Olha, no tempo que fiquei separa ficava super sem graça, porque tava sem jeito, não sabia como agir, como se fosse a minha 1° vez :)
    Gostei muito do texto.. Sorte!

    ResponderExcluir
  4. Porque heim amiga?! Ain... Tenho tanto medo!! Principalmente de nao saber reverter a coisa, quando eu me ver nela. Sei não... Deixe eu aproveitar a fase perfect em que me encontro pra pensar nessas coisas na hora certa!
    __________/

    Muitos casais, tem vergonha de demostrar carinho na frente dos filhos, principalmente beijando na boca, eu mais nova, dizia que nao beijaria na frente do meus, que besteira!! Se eles nao aprendem a dar carinho a seu proximo em casa, vai aprender onde, se o mundo anda cada dia mais violento! Hoje eu digo que não vou andar me esfregando pela casa na frente das crianças, mas eles quando crescerem contarem que passaram a infancia, vendo os pais felizes da vida, casa a fora, deve ser mto bom!

    Abraçao Lília!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá Lilia
    Muitos dizem que esfriou, para não dizer que acabou. Amor sem beijo apaixonado não existe.
    Bjux

    ResponderExcluir
  6. Sabe o que eu acjo lindo do meu casamento? Que mesmo depois de 4 anos, ainda andamos de mãos dadas, ainda ficamos namorando no sofá aos domingos a tarde, somos eternos namorados :)

    ResponderExcluir
  7. Sempre achei que o beijo é o termometro de uma relação. Não deve ser à toa que as prostitutas negam o beijo. No meu caso, beijo menos o meu marido do que no início do nosso namoro, não porque a relação esfriou, mas porque com o beijo sempre caminhamos para o sexo...
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Sou casada a dois anos, percebi que só na cama eu ganhava mais beijos do meu marido.Ele diz que não me beija mais porque não cumpro todas as tarefas de casa sendo que sempre trabalhei fora, estudo e tenho que separa um tempo para estudar em casa, algo que não entendo é porque pra muitos homens tarefa de casa é só pra mulher! Se ele me ajudasse acho que o beijo na boca não teria esfriado tanto chego a pensar que casamento é pra poucos, até em festas é dificil ficar como namorados, ele não curte as festas comigo ele sempre colocou o trabalho em primeiro lugar!!!!não sei até quando vou aguentar que Deus me ajude!!!!

    ResponderExcluir

 
© 2011 | Template por Silvia