19/10/2011

Quando a intimidade se esvai!


Tem certos dias em que eu penso em minha gente se sinto assim todo o meu peito se apertar... (Chico Buarque)


Tenho saudades de algumas amizades que se perderam pelo caminho, não que eu tenha exatamente saudade dos amigos perdidos, porque quando a coisa se perde verdadeiramente nem se lembra muito da pessoa, o que fica são os sentimentos  vividos.


E a gente se pergunta porque as pessoas se perdem?


Sei lá, porque... coisas da vida, cada um vai seguindo seu rumo, seguindo sua trilha, se desencontra, deixa de se ver, deixa de falar ( não que  isso seja regra para o afastamento), e a coisa vai ficando tão distante que quando o encontro acontece o constrangimento é grande pela falta de assunto, e por se ver que não existe mais intimidade para partilhar a vida novamente.
E você fica a pensar... como isso aconteceu??? Essa pessoa já foi tão importante para mim, já passamos tantos aniversários juntos, nos tratamos como irmãos, já sentimos necessidade um do outro e hoje a presença chega a incomodar por não conseguir explicar o que houve!
Aí a culpa tenta entrar em cena, mas quem seria o algoz? Quem seria o responsável pela morte da amizade se não houve rompimento e sim amnésia? É isso... amnésia... De repente em determinado momento da vida eu me esqueci quem eu era pra você e quem vc era para mim...


E o que resta agora são o recados do Facebook: 


Tá sumida
É, vou aparecer
Vamos marcar qualquer dia...
É vamos sim...

3 comentários:

  1. Mesmo me recusando a comentar com uma frasesinha besta, não adianta eu querer inventar nada porque é só isso que eu quero dizer:

    "Mermu viu?!..."

    Mas eu me sinto triste com isso, não me acostumo.

    ResponderExcluir
  2. Li olha só como nada é por acaso: Vc com este post e eu, q há muito não vinha aqui, cá estou.

    Acho q as redes sociais afetaram um tanto os contatos, os encontros, acho q a correria tb deixou as pessoas mais individualistas. Chato né?
    Eu procuro ser calorosa o qto posso. Aqui nos blogs por ex. procuro visitar os amigos sempre, o fato de as vezes não ir em um outro blog cai de novo na falta de tempo, a gente fica só respondendo a quem passou no nosso blog e tal e qdo as crianças e a rotina dão uma brecha, tiro pra visitar os amigos com calma e comentar bastante. Isso muda td? Não, nem sempre a gente é retribuida, ou consegue de fato, encontrar um amigo, fazer um passeio e tal, mas vale é isso, guardar os especiais nocoração!

    Super bjo

    ResponderExcluir
  3. Lilia querida... isso são as "andanças" da vida.... e nessas andanças muitos se perdem no caminho....a gente até esquece o significado do que eu era pra vc e vc era pra mim... muito interessante esse texto.
    Dani Frota

    ResponderExcluir

 
© 2011 | Template por Silvia